Saúde

OBRA

Planta do Centro de Reabilitação de Imperatriz é aprovada pela Vigilância Estadual

Próximo passo para construção do CER é abertura do processo licitatório para contratação da empresa que será responsável pela obra

Publicado em: 21/07/2021 por Maria Almeida

Secretaria de Saúde

Planta do Centro de Reabilitação de Imperatriz é aprovada pela Vigilância Estadual

Secretária Maraiana Jales recebeu parecer positivo da Vigilância Estadual, na manhã desta quarta-feira, 21, na sede da instituição. (Foto: Assessoria)

Cumprindo agenda na capital São Luís, secretária Mariana Jales garante aprovação do projeto do primeiro Centro de Reabilitação de Imperatriz, CER. Ela recebeu o parecer positivo da Vigilância Estadual, na manhã desta quarta-feira, 21, na sede da instituição. A planta foi avaliada pela equipe de engenheiros da instituição. 

O parecer atesta que o desenho arquitetônico do prédio atende as condições exigidas pela ANVISA, inclusive que está em conformidade com as normas para acessibilidade de pessoas com deficiências. Foi certificado também que o projeto segue as normativas da NBR 9050/2004 que trata sobre edificações, espaços, mobiliário e equipamentos urbanos. 

Mariana ressalta que estava dependendo desta aprovação para dar seguimento aos trâmites. “Aos poucos estamos avançando nesse sonho. Com o parecer em mãos, juntamente com o do Corpo de Bombeiros, abriremos o processo licitatório para contratação da empresa que vai edificar nosso CER, O primeiro da região sul do Maranhão. Nosso cronograma prevê construir o Centro em dois anos. Vamos trabalhar para isso!” – disse.

CER tipo IV vai oferecer serviços de habilitação e reabilitação à pessoa com deficiência intelectual, física, auditiva, visual e múltiplas deficiências. Terá atendimento com profissionais altamente capacitados, técnicas inovadoras e equipamentos modernos para diagnóstico, avaliação, orientação, estimulação precoce e atendimento especializado em reabilitação, concessão, adaptação e manutenção de tecnologia assistiva. 

O Centro funcionará de forma ambulatorial com atendimento individual, em grupo e acompanhamento às famílias, com abordagem transdisciplinar. Vai contar com profissionais das especialidades: Neurologia, Psiquiatria, Oftalmologia, Otorrinolaringologia, Clínica Médica, Enfermagem, Fonoaudiologia, Psicologia, Fisioterapia, Terapia Ocupacional, Assistência Social, Nutrição e Pedagogia, entre outras.

Saúde